Sábado, 15 de Novembro de 2008

DO BAÚ DO ANIMAL I - SÓ *

Os abutres fizeram um ninho mesmo à minha porta. As trepadeiras invadiram a casa de banho através dos orifícios do chuveiro. Uma nuvem poisou na clarabóia. As aranhas alcatifaram todo o chão. O frigorífico transformou-se num casulo. As serpentes vieram e acasalaram com as molas do colchão. O carteiro pôs um cadeado na caixa do correio. Os vizinhos fizeram um espantalho na antena de televisão, cobriram a casa com um lençol branco e cegaram a campainha da porta. Desde que te foste, sinto-me só.

 

*versão adaptada e encurtada para evitar maiores vergonhas

Publicada por OMal às 02:05
Link do post | Adicionar aos favoritos

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Está Feito

Twitter

subscrever feeds