Terça-feira, 28 de Agosto de 2007

O TEMPO DÁ A VOLTA


Carta de Pero Vaz de Caminha
“capitam moor desta vossa frota e asy os_outros capitaães. desta vossa terra noua que se ora neesta naue_gaçom achou, nom leixarey. pero tome vossa alteza minha_jnoramçia por boa comtade, a qual bem çerto … afear aja aquy de poer ma_is ca aquilo que vy e me pareçeo. nõ darey aquy cõ_ta a vossa alteza porque o nom saberey fazer e os_pilotos deuem teer ese cuidado e por tamto Snõr_do que ey de falar começo e diguo. /que a partida de belem como vosa alteza sabe foy sega_feira ix de março, e sabado xiii do dito mes amtre_as biij e ix e aly amdamos todo_aquele dia em calma a vista delas obra de tres ou_quatro legoas. e domingo xxij do dito mes aas_x…o batel chegou aa boca_do Rio heram aly xbiij ou xx homeës pardos_todos nuus sem nenhuüa cousa que cobrisse suas_vergonhas.”

Não deve ser nada fácil enviar um SMS a bordo de uma caravela, em alto mar. Mas é reconfortante saber que o meu afilhado, de dez anos, escreve como um escrivão-mor do Reino. 
Publicada por OMal às 19:15
Link do post | Adicionar aos favoritos

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Está Feito

Twitter

subscrever feeds