Sexta-feira, 12 de Outubro de 2007

NOBEL DA LITERATURA NO LIMITE DAS REGRAS- DORIS LESSING (1919) -


Simpatizo com a Doris Lessing*, e fico contente que tenha ganho o Nobel, mas não vou  festejar. Prefiro ficar à espera  do resultado das análises antidoping.

*A Doris é uma espécie de Agustina** com esteróides. A Nobel da Literatura, na obra  The Black Madona,  denuncia a miséria imposta aos negros pelo colonialismo e expõe a esterilidade da cultura branca no sul da África, em menos três páginas que a descrição do canto superior  direito do guarda-fatos de Fanny Owen, da nossa Agustina***.

**Dizem que ficou fodida.

***Ui!
Publicada por OMal às 02:11
Link do post | Adicionar aos favoritos

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Está Feito

Twitter

subscrever feeds