Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2007

DIAS DA RÁDIO XI - Entrevista de Tamanho M - Tubo de Ensaio - TSF


Br :
Depois das críticas de Vasco Pulido Valente à última obra de Sousa Tavares, outro bestseller é posto em causa. Desta vez é, nada mais nada menos que, a recente obra de Alexandra Solnado  - LUZ – PERGUNTE. O CÉU RESPONDE -, editado na série: “Este Jesus Cristo Que Vos Fala - Número - VI - VOL 1 ”. Connosco está, Bolívar Maia, crítico literário, que afirma que tudo o que está no livro de Alexandra Solnado é mentira. 
Vizinho: Peço desculpa, mas há aí umas ligeiros erros. Não é nada de especial. É que eu não sou crítico literário e não digo que tudo o que está no livro é mentira. 
Br : Como?! Então quem é o senhor?
Vizinho: Eu sou o Bolívar Maia, mas sou vizinho esquerdo da Dona Alexandra Solnado e o que eu digo é que quase tudo o que está no livro é falso. Uma completa aldrabice.
Br : Tem a certeza? Assim de repente, ninguém diria.
Vizinho: Eu posso afirmar que Deus, por intermédio de Jesus Cristo não lhe disse nada disso. Porque ele tem uma voz grossa e as paredes são finas e eu oiço tudo o que Jesus diz.  E garanto-lhe que não é nada do que ela anda aí a dizer. Ela diz que tudo o que lá está foi Jesus que lhe disse- É mentira. Por exemplo, leia lá a citação que abre o livro. 
Br : Com certeza.  Ponham um piano nisto e outro em cima do Doutor, se faz favor. Vamos lá: “Quando tu pensas que já sabes as respostas, a vida vem e muda-te as perguntas”, Anónimo
Vizinho: Anónimo! Alguém que para Deus era um anónimo?! Deus não sabe quem escreveu isto?  Ao menos ia ao Google . É tudo mentira. Ela muda tudo o que ele diz. Onde é que está anedota do leproso e do soufflé E o stand-up sobre o Pôncio Pilatos.
Br : Portanto, Segundo as suas afirmações, a Alexandra está de certo modo a censurar Jesus Cristo e indirectamente, Deus.  
Vizinho: Ele no princípio disse, e eu ouvi claramente, que queria escrever - Os Cinco no Purgatório, mas ela não o deixou. Passam o tempo a discutir.  Leia lá o que é que diz aí sobre a escrita do livro
Br : Vou ler mas não é porque me mandou. É porque eu quero. - Ele disse- me que ia escrever um livro de respostas para eu publicar. Achei muito difícil. Uma coisa é escrever um livro do princípio ao fim; outra é dar símbolos às pessoas para encontrarem respostas.
Vizinho: Achou difícil! A Alexandra, achou que ele não conseguia - Não vás por aí. Fica-te pelos romances históricos. Criaste o céu e a terra, a luz e a escuridão, mas um livro com respostas é uma coisa muito complicada e tu não és nenhuma Cristina Caras Lindas. Ela não o incentiva a escrever.   
Br : Este novo livro é como que um jogo de perguntas e respostas. Era que era isto que Jesus tinha em mente? 
Vizinho: Acha que sim?! Claro que não. Ele queria fazer um livro de quebra-cabeças com um poster central de sodoku - Uma coisa para as pessoas se entreterem  no Metro - disse Ele.  E ela transformou a ideia dele nessa coisa. Leia lá como é que isso funciona.
Br : Lá vai -  Jesus diz: “antes de retirares os símbolos, pensa em mim. Tenta acalmar o teu espírito, respira três vezes. Depois, pensa em mim de novo e abre o teu coração e recebe a minha energia. A seguir, pensa num assunto que te preocupe.
Vizinho: Está a ver. Parece que Jesus vai fazer um truque com cartas . Não foi nada disso que ele disse.
Br : Muito bem. Por hoje ficamos por aqui, Doutor. 
(OFF)
Vizinho: A anedota do leproso e do soufflé era espectacular.
Bruno: Conte lá.
Vizinho: Eu não tenho jeito para contar anedotas.  Mas Jesus conta muito bem. Exagera um bocadinho nos palavrões, mas pronto.
Publicada por OMal às 00:51
Link do post | Adicionar aos favoritos

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Está Feito

Twitter

subscrever feeds