Sexta-feira, 25 de Julho de 2008

CUIDADO COM A ZEBRA!

Este ano foram registados 266 atropelamentos na cidade de Lisboa, nos primeiros quatro meses, dos quais 101 foram em passadeiras. Se pensarmos que há muito mais gente a atravessar ruas fora  das passadeiras  que na ditas, isso significa que, na cidade de Lisboa, a passadeira é o local mais perigoso para um peão. Talvez seja culpa da própria passadeira, porque aquilo visto ao longe dá ar de meta e há a tentação de acelerar para chegar primeiro... Penso que a solução passava por pôr uma Soraia Chaves junto a cada passadeira.  Mas a verdade é que são números demasiado exagerados para poderem ser meros acidentes. Eu estou convencido que há quem ande por ai, a acelerar, à caça desses indivíduos:"convencidos e com a mania que cumprem as normas e que passam nas passadeiras. E que são os mesmos sacanas que andam a 120 nas auto-estradas e que separam o lixo. Vamos atropelá-los! Se não estiverem na passadeira  vamos a casa buscar o jipe e esmagamos os gajos contra o vidrão."

A verdade, é que em Portugal há muita gente que só tirou a carta para poder andar por aí a assustar pessoas e outros que foram as aulas de código mas para isso tiveram de faltar as aulas de coisas que lhes faziam mais falta, como por exemplo: aquela aula de ciência onde ficou claramente explicado que os outros seres humanos não são pinos de plástico.
Felizmente, eu não sou um desses animais. Sou daqueles que deixa a  primeira metida, e o carro em ponto de embraiagem pronto a arrancar e que, depois decide se atropela  ou não, consoante a atitude do peão enquanto atravessa a passadeira.  Porque aqui entre nós, há indivíduos que atravessam a passadeira com ar de que têm poderes para travar o nosso carro só com o olhar. E que para além disso são mimos de grande categoria, porque só pela expressão mostram bem que ficaram agastados com o chiar de um dos nossos pneus quando se preparavam psicologicamente para o seu passeio  naquela parte da estrada que lhes pertence.  E depois, atravessam como se  alguém os estivesse a filmar; e no fundo estão a representar para nós; isto tem um nome em psicologia, que é –  gente parva. Paz à sua alma.

Publicada por OMal às 02:04
Link do post | Adicionar aos favoritos

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Está Feito

Twitter

subscrever feeds