Sexta-feira, 17 de Outubro de 2008

TENDAS E CAVALOS

Você teria dado um viaduto em betão armado e um pacote de castanhas piladas, para ter estado connosco no espectáculo -  Cavalia – na tenda branca no passeio Marítimo de Algés. Sendo no passeio Marítimo de Algés, podíamos ser levados a pensar, se fossemos parvos e quiséssemos fazer uma piada estúpida, que o espectáculo se chama – Cavalia - porque mete Cavalas e Lulas. Eu avisei.
Cavalia é, nada mais nada menos que, o Cirque do Soleil com cavalos. E começámos por torcer o nariz porque, tendas e cavalos faz logo lembrar um casamento monárquico. Mas, afinal não havia ninguém de lenço. Optámos pela sessão da tarde porque, segundo dizem: é a melhor porque os artistas estão mais frescos e fazem muito menos cocó em palco.  Os cavalos de Cavalia são diferentes do habitual cavalo de circo. Estes são cavalos são perfeitos;  e têm um tal sentido de graciosidade, que não enxotam as moscas com a cauda. Eles abanam a cauda, mas dividem-nas em grupos de dez, para cada lado.  E as verdes ficam à frente e as azuis atrás. Custa imaginar que: se um deste belos animais torcer um pé dá para pouco mais que um frasco de cola. Talvez por isso, alguns dos cavalos usam duplos. Pelo menos,  pareceu-nos que, nas cenas mais arriscadas, usam burros com perucas para parecerem cavalos.  Gostámos, mas só voltamos quando fizerem o Lula-Gigantalia, porque o espectáculo é um bocado parado e raramente passa a trote.
 

Publicada por OMal às 00:41
Link do post | Adicionar aos favoritos

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Está Feito

Twitter

subscrever feeds